quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

Prefeitura de Paraibano segue sem pagar salário do funcionalismo público; fluxo de caixa mostra mais de R$ 1,5 Milhão de reais nas contas da prefeitura



DINHEIRO EM CAIXA


A Prefeitura de Paraibano segue com os salários dos servidores efetivos atrasados, alegando falta de recursos para efetuar os pagamentos das folhas. Porém, na verdade, há dinheiro nas contas municipais, como demonstra o Fluxo de Caixa com a data do dia 25/01/2020.


Veja abaixo:


CONTA ARRECADAÇÃO R$5.670,50 


FUNDEB R$ 705.878,14


ARRECADAÇÃO DE IPVA R$ 14.391,58


ICMS R$ 182.342,60


ARRECADAÇÃO DE ISSQN R$ 7.876,60


FPM R$ 238.781,11


FUS SAÚDE R$ 195.725,90


QSE EDUCAÇÃO R$ 42.543,28


ARRECADAÇÃO CIDE R$ 2.537,87


ARRECADAÇÃO CIP R$ 3.235,10


PREFEITURA FEP R$ 19.378,30


ARRECADAÇÃO IPM R$ 1.956,33 


CUSTEIO R$ 153.285,59


VALOR TOTAL NAS CONTAS PRINCIPAIS DA PREFEITURA DE PARAIBANO É DE R$ 1.573.602,90 (UM MILHÃO, QUINHENTOS E SETENTA E TRÊS MIL, SEISCENTOS E DOIS REAIS E NOVENTA CENTAVOS).


Profissionais da Saúde, Educação e diversas outras áreas estão sem saber o que fazer, já que o final do mês chegou e as contas vem se acumulando. 




SUPOSTO JOGO DE CARTAS MARCADAS


Segundo o Decreto 10.024 /2019, é obrigatório que toda prefeitura que fizer aquisições de bens e contratação de serviços comuns, incluindo serviços comuns de engenharia, utilizando recursos de transferências voluntarias da União terá que adotar a modalidade do Pregão Eletrônico, mas até o momento não foi encontrado nenhum aviso de licitação ou qualquer outro tipo de contratação nos sites do DOU, DOE, Jornais ou no próprio portal da transparência do município de Paraibano.


Aquisições básicas e indispensáveis como medicamentos e insumos, oxigênio medicinal, equipamentos de proteção individual, material de expediente, material de limpeza, alimentação hospitalar ou prestação de serviços de contabilidade, serviço de limpeza pública, serviços de assessoria jurídica entre outros, até o momento não foram publicadas ou divulgadas o que é obrigatório. Geralmente esse tipo de esquema é usado para direcionar licitações a empresas em troca de vantagens pessoais além de ocultar valores em reais dos contratos firmados entre os entes, cabe ao ministério público acompanhar os próximos passos nas licitações que deverão ocorrer.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vereador Diá realizou uma Mega Ação Social no Povoado Barro Vermelho

   O Vereador Diá do Barro Vermelho fez ontem (28), uma linda ação de doações de armações de óculos e consultas totalmente grátis para toda ...