sábado, 24 de outubro de 2020

Na cidade de Paraibano, ex prefeita Aparecida Furtado, condenada e inelegível tenta voltar pra prefeitura através da filha; Marido da candidata também é condenado

 



Usando uma velha tática já conhecida da população, ex prefeitos fichas sujas e inelegíveis, tentam retomar o comando de municípios através de candidaturas laranjas, ou seja, através de filhos, maridos, irmãos e etc.


Na cidade de Paraibano, não poderia ser diferente, a ex prefeita Aparecida Furtado, que comandou uma verdadeira oligarquia por mais de 40, saindo derrotada nas eleições de 2016, quando apoiou a senhora Rejany Gomes, e perdeu para o agora falecido Prefeito Zé Hélio, tenta a todos os custos emplacar sua filha, Vanessa Furtada.


A Constituição torna inelegíveis os parentes de governantes. Mas a lei esqueceu dos parentes dos ficha-suja. Para essa eleição, só o voto pode corrigir. Para as próximas, dependeria do Congresso, que aparentemente não quer criar problema para os colegas.


Ao todo, a ex prefeita Aparecida Furtado e mãe e maior apoiadora de Vanessa Furtado, candidata a prefeita, responde a mais de 40 processos por improbridade administrativa e desvio de recursos da saúde e educação.


Em 2019, o Ministério Público Federal (MPF) no Maranhão conseguiu na Justiça Federal a condenação da ex-prefeita do município de Paraibano (MA), Maria Aparecida Queiroz Furtado, e do ex-tesoureiro do município, José Ubiratan Lima Ferro Filho, [ Esposo de Vanessa Furtado], por conta de irregularidades na aplicação de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) em 2008.


O MPF destaca que, enquanto gestores do município, transferiram da conta-corrente do Fundeb para outras contas-correntes do mesmo município, a importância de R$ 280.270,01, referentes a oito cheques assinados por eles, nominais à prefeitura. Essas transações aconteceram nos últimos dias de 2008, próximo ao fim do mandato de Maria Aparecida Queiroz Furtado.


Vale lembrar que o ex prefeito Raimundo Ari Furtado, pai da candidata Vanessa Furtado, responde a processos judiciais da época que ocupou o executivo.


Pelo visto, a candidata a prefeita de Paraibano, Vanessa Furtado, está rodeada de pessoas condenadas por prejuízo ao erário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário