sexta-feira, 17 de julho de 2020

Vereadores da Situação deixam Vereador Valney acuado e sem argumentos...



Hoje (17), teve uma sessão esquenta em Poção de Pedras, vereadores perderam a paciência com o Presidente da Câmara Valney Gomes, pois o mesmo estava fazendo de tudo para atrasar as votações e quer mostrar autoritarismo de um ditador.


O recado foi dado para o presidente da Câmara, o mesmo levou a maior pressão de seus colegas, que já estão de saco cheio de suas artimanhas contra o progresso de Poção de Pedras.

O Caldo engrossou quando a Vereadora Ângela cobrou a imediata votação pois o presidente não era dono da Casa. A mesma ainda relatou que não entendia por que o presidente só quer botar a votação em plenário se fizer um grande acordo. Como muita ética e conhecimento, a Vereadora Ângela deu um tremendo cala a boca em Valney, que só baixou a cabeça envergonhado.


 O Vereador Joaquim Filho, criticou a oposição e pediu mais união, para os vereadores de oposição deixarem as desavenças de lado e aprovar os projetos para o povo.

Vereador Mateus Croá foi além, e alegou vários fatores em que mostrava a falta de imparcialidade de Valney perante as pautas de votação da casa.

 O Vereador Mano cobrou urgência nas votações e pediu união de todos os vereadores ao combate ao Covid-19. Mano criticou o tipo de comportamento dos vereadores da oposição, e pediu para deixar a política para segundo plano, pois o povo está em primeiro lugar.

Vereador Jhulio e Valney, se calaram e se acuaram, nem usaram a tribuna pois estavam fazendo feio atrasando projetos para o bem do povo. Depois sessão o caldo engrossou, mas isso iremos contar na próxima matéria. E não percam a próxima sessão, parece que a macaca vai piá.

Assistam abaixo toda a sessão pelo link do Facebook da Câmara Municipal :
Sessão da Câmara 


Nenhum comentário:

Postar um comentário