terça-feira, 22 de outubro de 2019

POÇÃO DE PEDRAS: TERRA SEM OPOSIÇÃO




Enquanto muitas cidades ainda não tem seus candidatos definidos, Poção de Pedras já tem Jhulio como pré-candidato da oposição. O problema é que pra quem entende de política o nome de Jhulio, não decolou e nem tem esperanças de decolar.



O homem que já fez cinco festas e nunca chegou a lotar um evento, mesmo o evento sendo a base de cervejas e carnes gratuitas.

Outro fator constante é a falta de autônomia do pré-candidato que vive às sobras do ex-prefeito Dr. Gildásio, que possui alto índice de rejeição e segundo fontes seguras já tem compromisso de ser vice na chapa, o que tudo indica na terceira derrota seguida.

 Jhulio ja visitou 90% da da zona rural e sede de Poção de Pedras, e mesmo assim não caiu nas graças do povo. Em seis dias visitas pela sede, apenas três fotos foram tiradas para tentar consolar os aliados.

E pra terminar de piá, de 240 casas do povoado Belém do Lages, oposição consegui apenas 14 aliados. Mesmo caso pode acontecer no Lucindo e Lagoa Bonita onde a oposição não tem uma liderança para tentar pescar os eleitores.

A falta de recursos também é um grande problema na oposição, nem o dia das Crianças conseguiram homenagea, o que pode ocasionar em mudança imediata de candidato.

Enquanto isso, o Homem de Ferro continua por cima, sem ao menos lançar oficialmente seu candidato e já causa um tremendo medo na Oposição, que sabe que a qualquer momento a macaca pode piá.

Pelo visto, como a maratona é longa e a oposição não tem fôlego, tem tudo para Cascaria lançar seu candidato e ser candidato único em Poção de Pedras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário