segunda-feira, 2 de setembro de 2019

Homenagem de Dr. Nelson Jonas ao folclórico Joseli



Super Joseli atômico Poção de Pedras possui lendas fascinantes, como a do Capelobo, Homem do saco, Mija n‘areia, Caipora e a Mulher de vermelho da boate do Zé Flor.


Personagens icônicos, como: Gabiru, Tota, Getúlio, Colombo, Escola, Perôa e o Chefe. Agora, Super-herói, Super-herói mesmo, com superpoderes, só existe um: O Super Joseli atômico. 




 Joseli, assim como Clark Kent, tem que procurar um disfarce e trabalha como office boy na Rádio N’ativa. A qualquer aviso de perigo em nossa cidade, coloca sua capa do Vasco, monta em sua bicicleta voadora vinda do espaço e sai em defesa dos mais necessitados. Possui uma super-audição que consegue escutar insultos vindos do outro lado da rua e com sua força sobrehumana e mira além da visão, consegue abater aqueles que teimam em lhe provocar.

 Como todo super-herói, possui um ponto fraco, sua kriptonita é chamá-lo de flamenguista, isso deixa-o irritado e o faz sair do sério.

 Assim como alguns Heróis que usam cueca por cima das calças ou fantasias exuberantes, ele muitas vezes é ridicularizado. Super Joseli atômico nasceu diferente dos outros, ele é Especial e por isso, muitas vezes incompreendido pelo resto da cidade.

 Joseli é um Super-herói diferente, ele nos ensina a enxergar de verdade e a valorizar o conteúdo e não apenas a forma. Às vezes estamos tão presos à perfeição física e aos aspectos materiais que esquecemos de observar o poder oculto.

 Voe Joseli e leve para bem longe a ignorância de quem o provoca. Corra Joseli, mas rápido que a intolerância que nos cerca. Seja forte Joseli, assim como é forte o preconceito que quer lhe abater.

 E não esqueça, seu disfarce é um segredo, não conte pra ninguém. Poção de Pedras ainda não está preparada para essa revelação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário