sexta-feira, 28 de junho de 2019

Atenção mulheres! Neste sábado (29) na Clínica Leão XIII em Pedreiras atendimento com o renomeado cirurgião vascular Dr. Jesus Abreu!



Nas mulheres, reposição hormonal e métodos anticoncepcionais podem causar o aparecimento das varizes antes da hora e de forma mais grave. Agende já sua consulta (99)98190-5654. Acabe com as varizes para mostrar as pernas no verão e dê um fim nas veias indesejáveis e abuse das saias e dos shorts.
As varizes acometem quase 70% das pessoas com menos de 70 anos e, além de prejuízos estéticos, podem causar dor, desconforto e inchaço. Ao mesmo tempo, em longo prazo, elas podem, inclusive, gerar feridas em cerca de 20% dos pacientes e, por serem de difícil cicatrização, acabam prejudicando muito a qualidade de vida do doente.

Segundo o cirurgião vascular Dr. Dr. Jesus Abreu, que atende Clínica Leão XIII em Pedreiras, o principal fator causador de varizes é a predisposição genética, ou seja, a doença é passada de geração em geração. “Filhos de pessoas com varizes têm mais tendência de ter a doença”, afirma.

Em seguida, as mulheres são as mais prejudicadas. O motivo são os hormônios femininos que diminuem a força das paredes das veias, deixando os vasos mais fracos. Por isso, reposição hormonal e métodos anticoncepcionais podem causar o aparecimento das varizes antes da hora e de forma mais grave.

“Mulheres fumantes e que fazem uso da pílula contraceptiva devem ficar ainda mais atentas. O estrogênio, hormônio presente neste medicamento, aumenta a capacidade de formação de coágulos no sangue. E as substâncias tóxicas, presentes no cigarro, são vasodilatadoras. Logo, essa combinação tem alta contribuição para o aparecimento das indesejadas varizes e aumenta o risco de trombose”, alerta o Dr. Jesus Abreu

As pessoas que permanecem longos períodos em pé ou sentadas e que, além disso, colocam a perna para trás da cadeira possuem uma chance maior de desenvolver varizes. Igualmente, a obesidade e o sedentarismo são fatores de risco para esta condição e devem ser tratados o quanto antes, pois também contribuem para outras doenças cardiovasculares.


Nenhum comentário:

Postar um comentário