domingo, 26 de maio de 2019

ZEBRA SOLTA NA I COPA RAIMUNDO LUCAS


A zebra deu o ar da graça na I Copa Raimundo Lucas neste sábado, aqui em Poção de Pedras. Há um ditado na gíria do futebol que diz 'o jogo é jogado, lambari é pescado'. Foi o que aconteceu hoje na partida entre Estrada da Vitória e Folguedo. Contrariando todas as expectativas, apostas ou qualquer prognóstico que se quisesse fazer, tudo e todos jogaram suas fichas no bom time da Estrada da Vitória.





Jogando em casa, ali no seu 'terrero', confiança elevada, mas... mas, apareceram uns meninos vestidos de amarelo, meio desengonçados, sem ninguém no banco de reservas pra uma eventual substituição, sem transmitir muita confiança, contudo desbancou um dos favoritos ao título, usando todas as suas forças, tornando-se gigantes.

 A partida teve início às 16:20, e logo aos 5 minutos, o bom atacante Breno escapuliu pela meia esquerda, invadiu a área e bateu de pé direito, encobrindo o goleiro Marquiones, abrindo o marcador. Parecia aquele velho ditado em pelada de menino: o primeiro milho de quem é....? Quem pensou que o empate viria, se deu mal, e foi quase a totalidade dos torcedores presentes. Ainda no primeiro tempo, houve um suposto pênalti a favor do Folguedo muito reclamado pelo técnico, mas o árbitro entendeu que não, e na ausência do VAR, ficou por isso mesmo. A primeira etapa acabou com 1x0.

Na volta do segundo tempo, o time do veterano Clemílton, do jovem Macaúba e companhia impôs pressão o tempo todo, dando o contra-ataque para o Folguedo, quase sempre com Breno e Denilson, que quase sempre era rechaçado pelo zagueiro Antônio Neto e o lateral Antônio Lorim, que travou um duelo particular com Breno. O certo é que um outro ditado não se cumpriu hoje: 'água mole em pedra dura tanto bate até que fura'; não, hoje não furou. Destaque para a defesa dos meninos do Folguedo, que literalmente se viraram nos trinta, para o goleiro José Gomes, que fechou o gol, para os atacantes Breno, Denilson e Bruno do Cariri e claro para força de vontade dos demais atletas que honram a camisa de seu povoado, que vão ter de avisar pro Bruno, camisa 10, que deve lutar em pé com seus companheiros.

Da parte da Estrada da Vitória, todos os jogadores se destacaram, fazendo boa partida, mas que o gol não saiu. Na parte disciplinar, cartão vermelho para os dois técnicos na segunda etapa e alguns cartões amarelos para os jogadores mais exaltados. O mais tudo bem, com o resultado da partida homologado pela comissão organizadora, vamos pra as próximas.

Mais uma vez lembramos que o evento é uma realização de Dr. Luquinha e Felipe Gustavo, na organização de Maninho, Beiju e Adevandro, com auxílio de mídia do professor Cláudio Rodrigues que também atua em nome do Blog das Lobas.























Um comentário:

Unknown disse...

Pensaram que o Folguedo iria perder né? kkkkkk
Tô aqui em São Paulo torcendo por eles!
Bora pra cima deles Folguedo.

Postar um comentário