terça-feira, 21 de maio de 2019

Jhúlio, ano:2020 modelo: Cascaria 2012.



 A oposição está parecendo uma Quadrilha. Calma! Não me refiro a quadrilha: coletivo de bandidos, mas ao poema: “Quadrilha” de Carlos Drummond de Andrade que diz: “João amava Teresa que amava Raimundo que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili que não amava ninguém. João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento, Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia, Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes que não tinha entrado na história.”


 A oposição já mencionou como candidatos: Pinto Catingueiro, Rodrigo Freitas, Berebó, Adailza,  Zé Filho, Felipe Gustavo,Caio Carlos e Dr. Bandeira. Até semana passada não se falava em outro nome que não fosse o de Dr. Arnaldo: nome leve e sem rejeição com o eleitor graças a sua vida sem máculas e de serviços prestado à população, porém com seu discurso de “Nova política” baseado na amizade e solidariedade entre as lideranças, não comoveu os políticos ávidos por alguém que apareça e banque suas campanhas.

Agora, a bola da vez é o vereador Jhúlio. A pergunta é: até quando? Aparecerá mas alguém para sentar no tão sonhado trono de: “Game of thrones“ da oposição?
Jhúlio realmente tem condições de bancar seus aliados gulosos? Ele está mais para um estrategista jogador de xadrez ou para um blefador jogador de baralho? O certo é que muita gente da situação ficou balançada com as gordas proposta feito pelo Vereador.

 O que se comenta à boca pequena nos senadinhos da cidade, é que muita gente tremeu com o que ele pôs à mesa, porém estão com medo de se rebelar contra a situação e ele não conseguir cumprir todos os acordos até a campanha. E se determinadas lideranças ou candidatos pularem agora e mais tarde o candidato começar a falhar com seus compromissos? Já era! nem o mel nem a cabaça. Sabemos que não existe espaço vazio na política. Se um candidato vai, outro vem para ocupar o lugar daquele que saiu. É como um jogo de damas que às vezes temos que oferecer uma pedra pra comer duas.

 O certo é que o Jhúlio 2020: arrojado e corajoso está parecendo muito com um certo candidato que em 2012 surpreendeu todo mundo. Resta saber, se filme repetido tem a mesma audiência e se figurinha repetida preenche álbum.

 Como eu sei tudo isso? Comecei o texto mencionando Drummond e encerro citando Ariano Suassuna com o seu personagem Chicó de “ O auto da compadecida:"Não sei, só sei que foi assim!”.

3 comentários:

JOSÉ disse...

TEXTO MUITO BEM ELABORADO, PARABENS BLOGUEIRO.
SE ISSO REFLETE A REALIDADE AI JA SAO OUTROS 500

Anônimo disse...

Agora a bola da vez da oposição será Leão XIII , pois ja tem data marcada para o evento oficial. E os nomes citados acima foram apenas para ver ser algum caia no gosto das pessoas porém enfraquecido nomes sem muito impactos.
Fica a pergunta:
será se com o anúncio oficial de Leão XIII como candidato da oposição IRÁ fazer cascaria se pronunciar?

Anônimo disse...

Rogério. Muitas vezes não concordo com o teor dos seus textos. Mas tenho que tirar o chapéu pra você. Está escrevendo cada vez melhor. Você citando Drummond e Suassuna ? Já pode mudar de disciplina na Escola.

Postar um comentário