quinta-feira, 11 de abril de 2019

Política: A espera de um milagre



 A oposição é um paciente terminal, desacreditado pelos médicos, respirando por aparelhos que a família teima em deixar ligado na esperança de acontecer um milagre.


 Já apareceram candidatos de todas as especialidades pra tentar levantar o difunto. Já fizeram respiração boca a boca, usaram desfibrilador, já teve até quem propusesse mudar de hospital, mais a oposição não reage. As vezes aparece um traço de esperança nos aparelhos, uma simples fagulha, instantes de alegria, mas logo volta a inércia.

 A oposição parece alguém se afogando que acha que jacaré é tronco, no desespero, se bate tentando se segurar em alguém, submerge e às vezes volta a superfície pra dar um último suspiro e se aparece alguém tentando ajudar ela se agarra e leva para o fundo, para não morrer sozinha.

 Não nade pra morrer na praia, se chiar resolvesse, Sonrisal não morreria afogado. Enquanto a oposição tem medo de água, por temer morrer afogado a Situação mata a sede destilando a fórmula da água.

 Enquanto a oposição pesca eleitor de anzol a situação pesca com rede de arrasto.

 Não crie expectativas com a oposição, beba água, assim, quando estiver decepcionado, você estará pelo menos hidratado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário